segunda-feira, 1 de novembro de 2010





Te Ver!


À hora se aproxima.
Minhas mãos começam a suar.
Sinto um formigamento em todo meu corpo.
O ponteiro demorou a chegar ao lugar desejado, mas chegou.
Vou ao seu encontro, ou melhor, a sua procura.
Encontro.
Observo ao longe.
Você está linda, sempre foi.
Fico tenso.
Caminha em minha direção.
O tempo para.
Tudo se mistura.
Estou inerte.
Você se aproxima.
Não quero parecer um babaca, permaneço estático.
Passa por mim como se fosse invisível.
Explodi por dentro uma vontade de gritar meus sentimentos.
Porém, permaneço calado.
Tudo bem!
Estou feliz e seguro.
Será que alguém consegue ser feliz e seguro estando só?
Nego o que assim falei.
Espero um dia poder estar.
Espero que com você.

6 comentários:

  1. Não costumo escrever no gênero masculino.
    Esse será um dos poucos.


    :)

    ResponderExcluir
  2. Ja aconteceu comigo. Não idêntico assim, mas bem semelhante.

    ResponderExcluir
  3. Isso é bem comum ...
    Boa escrita ;)

    ResponderExcluir
  4. Creio que acontece, pelo menos uma vez, com a maioria das pessoas...
    É engraçado mais tarde lembrar desses faos.
    Gosto do modo que escreve.. É Interessante =]
    Abração Peixe ^^

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigado!
    Vocês me estimulam a escrever mais.

    Obs:Escrevo o que se passa em minha vida

    ResponderExcluir